Chico Mendes diz que, se confirmar rompimento entre Ricardo e João, não ficará ‘em cima do muro’

Publicado em 12 set 2019 - silvano

O prefeito da cidade de São José de Piranhas, Chico Mendes, se pronunciou esta semana sobre a crise que afeta o seu partido, o PSB, que tem como principal referência o ex-governador Ricardo Coutinho.

O gestor disse que se o houver rompimento oficial entre o governador João Azevêdo e Ricardo Coutinho, ele não ficará ‘em cima do muro’.

“O papel nosso é dialogar para manter a unidade do partido. Ricardo foi o cara que fez uma grande reinvenção no jeito de governar a Paraíba. João dá continuidade a essa grande transformação que a Paraíba passa. Mas se nós, líderes, não temos capacidade de dialogar, de fazer uma reavaliação do que se passa, todos nós vamos tomar nossas decisões”, disse.

Chico Mendes revelou que tem dialogado com outros prefeitos da região que também são do PSB para tentar unir o partido novamente. Mas explicou que “se vai haver uma reestruturação do partido e os que mandam no partido pedem pra gente se afastar do diretório para poder fazer a reestruturação, é claro que eu, você, qualquer um se afasta, então foi isso que aconteceu”, referindo-se à crise no PSB.

Redação DIÁRIO DO SERTÃO