Como antecipado pelo Blog do Silvano Dias, Câmara nega novo pedido de licença do Prefeito Bosco Fernandes

Como antecipado pelo Blog do Silvano Dias, a câmara municipal de Uiraúna votou na manhã deste sábado (29) o pedido de renovação de licença o médico Bosco Fernandes do cargo de prefeito por mais 60 dias, o mesmo está preso desde o dia (21) dezembro de 2019, acusado de receber propina da obra da adutora da Capivara, na operação pés de barro.

A sessão extraordinária teve início por volta das 09h00min da manhã, e contou com a presença de todos os 11 vereadores além de lideranças políticas e a população uiraunense. Bosco Fernandes não obteve êxito no pedido, o mesmo foi negado pelo placar de 6×4.

Votos conta o pedido de licença: Benevenuto Claudino, Ciro Figueiredo, Creuza de Manoel Benedito, Jailson Nogueira, Neto de Maro e Toinho Magalhães.

Votos a favor o pedido de licença: Chico Bacatela, Mazinho da Vazante, Marcondes de Bizerril e Zé Fernandes.

O presidente da câmara Amilton Fernandes não precisou votar, pois não aconteceu empate na votação.

Bosco Fernandes tem que voltar a ocupar o cargo de prefeito em até 15 dias, o que dificilmente deve acontecer, pois o mesmo está preso, os seus advogados agora devem lutar para conseguir um habeas corpus, durante esse prazo, caso não consigam Dr. Bosco perde o mandato e Segundo Santiago será empossado como prefeito até o final de 2020

Por Silvano Dias