Destaques da semana: Mourão na Presidência, FGTS e Brasil x EUA em quadra

Publicado em 11 set 2019 - silvano

Comece a semana bem informado e saiba o que será destaque no noticiário:

Presidente Mourão
Com Jair Bolsonaro (PSL) em recuperação após uma cirurgia para corrigir uma hérnia, os holofotes se voltam para o vice Hamilton Mourão, que assume a Presidência da República interinamente ao menos até a quinta-feira. Embora tenham ficado mais discretas, as falas de Mourão costumam ser foco de tensão com os filhos de Bolsonaro, principalmente o vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSC), e sua base de apoio mais aguerrida. Ainda que siga internado, o presidente pode reassumir o cargo e despachar de dentro do hospital.

Dinheiro na mão
Os saques de até 500 reais do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começam na sexta-feira. Os primeiros a receber o dinheiro são os que têm conta poupança na Caixa Econômica Federal. A medida faz parte da flexibilização das regras do Fundo de Garantia, anunciada pelo governo em julho. Todos os trabalhadores poderão sacar até 500 reais de cada conta, ativa ou inativa. Para quem não é cliente da Caixa, o saque começa em 18 de outubro, para os nascidos em janeiro. Confira aqui o calendário de pagamento de acordo com o mês de aniversário.

Greve nos Correios?
Sindicatos que representam os funcionários dos Correios marcaram assembleia para a terça-feira para definir se a categoria entra ou não em greve. Os trabalhadores e a estatal estão desde julho negociando, com mediação do Tribunal Superior do Trabalho (TST), novo acordo coletivo para a categoria. A empresa, no entanto, não aceita os termos indicados. Os trabalhadores protestam contra a proposta de reajuste salarial oferecida pela empresa, de 0,8%, abaixo da inflação, e contra a exclusão dos pais dos planos de saúde.

Tudo ou nada
A seleção brasileira surpreendeu na primeira fase da Copa do Mundo de basquete, na China, com direito a uma vitória espetacular sobre a Grécia, do astro Giannis Antetokounmpo, eleito o melhor jogador (MVP) da última temporada da NBA. O sucesso na primeira fase deu ao Brasil a chance de avançar às quartas de final com apenas uma vitória na segunda fase – desperdiçada no último sábado, após derrota massacrante contra a República Checa. Nesta segunda-feira, a partir das 9h30, é tudo ou nada: o Brasil precisa vencer o atual bicampeão e sempre favorito Estados Unidos, que levou um time desfalcado à Ásia. A final do torneio acontece no domingo.

Primeira parte da decisão
Athletico-PR e Internacional abrem nesta semana as finais da Copa do Brasil. O primeiro jogo acontece na quarta-feira, às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, onde o clube da casa eliminou o Grêmio, nos pênaltis, na semana passada. O Inter, por sua vez, despachou o Cruzeiro na outra semifinal, com duas vitórias. A partida de volta acontece na outra semana, dia 18, no Beira-Rio, em Porto Alegre. O clube gaúcho, campeão em 1992, tentará o bicampeonato, enquanto o Athletico persegue um título inédito.

Visita paraguaia
O novo chanceler do Paraguai, Antonio Rivas, faz visita oficial a Brasília nesta segunda-feira. Será recebido pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, no Itamaraty. A viagem se dá em meio aos tumultos políticos causados no Paraguai pela assinatura de um acordo sobre a venda da parcela paraguaia da energia de Itaipu ao Brasil até 2023. O acordo foi desfeito por Assunção e quase custou a abertura de um processo de impeachment do presidente Mário Abdo. Os dois países ainda têm de chegar a uma fórmula de consenso sobre esse comércio.

A vez do plenário
reforma da Previdência pode ser votada no plenário do Senado na quarta-feira. O presidente da Casa, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), tenta costurar acordo para dispensar prazos regimentais e antecipar a votação – que está prevista no calendário para o dia 24. A ideia, no entanto, enfrenta resistências de alguns parlamentares. O relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) foi aprovado na última quarta-feira 4, pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Quarto lote de restituição
A consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda de 2019 será aberta na segunda-feira, a partir das 9h. O lote inclui restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. Segundo a Receita Federal, o dinheiro será depositado na conta do contribuinte no dia 16 deste mês. O crédito bancário será feito para 2.819.522 contribuintes, totalizando 3,5 bilhões de reais. Para saber se a declaração foi liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone (146) e informar o CPF e a data de nascimento.

VEJA