EM ALTA: Primeiro FPM de junho tem alta inabitual; valor supera R$ 5,6 bi. VEJA QUANTO VEIO PARA SEU MUNICIPIO

Novamente, o mês começa com repasse inabitual do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) – de R$ 5.679.860.664,10 – e a transferência ocorre na quinta-feira, 10 de junho. A primeira das três parcelas mensais representa quase a metade do valor total e é calculada com base na arrecadação dos Impostos de Renda e sobre Produtos Industrializados (IR e IPI) entre os dias 20 e 30 do mês anterior.

Um levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), com dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), mostra que o repasse está 123,66% maior que os R$ 2,5 bilhões transferidos aos cofres municipais no mesmo período de 2020. Mesmo aplicando a inflação, o valor ainda será superior ao montante total recebido em junho passado. Deflacionado, o resultado positivo fica em torno de 109%.

Ao considerar o desconto constitucional de 20% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o primeiro decêndio do mês será R$ 4.543.888.531,28. A área de estudos técnicos da Confederação suspeita que este crescimento de 31%, de janeiro pra cá, seja por conta da maior compensação de débitos do IR e IPI, advindo principalmente de Ação Judicial.

Comportamento
De janeiro até agora, o Fundo dos Entes municipais se manteve positivo em todos os meses, a essa época, ano passado, o acumulado estava em R$ 47 bilhões. Atualmente, o fundo registra mais R$ 61,8 bilhões. O total repassado aos gestores municipais ainda está 24,4% superior, considerando a inflação do período. A CNM recomenda o comportamento decendial do repasse aos Municípios para melhor planejamento das políticas públicas.

Além disso, o levantamento da CNM mostra que, na partilha do decêndio, os 2.447 Municípios, de coeficientes 0,6 ficam com 19,70% do valor total – R$ 1.118.735.990,94. Já as 168 grandes cidades, de coeficientes 4,0, recebem R$ 747.843.527,06, que representa 13,17% do montante. A entidade explica ainda que o FPM, assim como as demais transferências constitucionais, não se mantêm uniformes ao longo do ano.

Veja quanto seu município recebeu nesta 1ª parcela do FPM,  do mês de junho de 2021. Os dados são do Banco do Brasil.
CONFIRA
Cajazeiras: R$  1.105.471,45 C
São José de Piranhas: R$    642.979,97 C
São João do Rio do Peixe: R$   717.604,00 C
Carrapateira: R$    383.747,43 C
Bonito de Santa Fé: R$   486.051,49 C
Monte Horebe: R$  310.913,40 C
Santa Helena: R$   264.513,55 C
Cachoeira dos Índios: R$    497.921,14 C
Bom Jesus: R$ 310.913,40 C
Joca Claudino: R$    272.078,56 C
Triunfo: R$ 345.803,99 C
Poço José de Moura: R$ 383.783,71 C
Uiraúna: R$   453.017,65 C
Bernardino Batista: R$  379.857,61 C
Poço Dantas: R$   379.746,47 C
 
CNM e CancaoNoticias
Da Agência CNM de Notícias e Banco do Brasil