Emília Guerra lança “Sinais”, nova obra poética, dia 27 em João Pessoa

Publicado em 20 jul 2019 - silvano

A poeta Emília Guerra lança o livro “Sinais” no próximo dia 27 de julho. O lançamento da obra será às 10 horas, na Livraria do Luiz, localizada na Galeria Augusto dos Anjos, em João Pessoa, “Sinais” tem o selo da Arribaçã Editora.

         As reminiscência pontuam a maioria dos versos de “Sinais”, mas o tom nem sempre é o mesmo. Às vezes vem disfarçado de telurismo; noutras de nostalgia e em algumas de um acentuado lirismo. Esse tom de reminiscência já vem pontuado no primeiro poema do livro, afirma o editor Linaldo Guedes no prefácio à obra. E acrescenta: “Sua poesia é cheia de achados que encontram eco, com certeza, no leitor mais atento. Como ela mesma diz em um dos poemas do livro, “para os achados e perdidos/ Luz nas brenhas”. Emília é essa luz, que pode vir de diversas formas”.

         Já Lenilson Oliveira, poeta e editor, analisa: “São vários os sinais – e por isto o título do livro – que permeiam a poética de Emília Guerra, entre eles o da saudade de sua Esperança (PB), onde nasceu e viveu sua infância, manifestada algumas vezes de forma direta, com a evocação de cenários, pessoas e situações, ou indiretamente, como se o subconsciente da poeta teimasse em permanecer na sua cidade de origem, até quando se lembra de cheiro da terra molhada”.

         Editada pela Arribaçã Editora, a obra tem prefácio de Linaldo Guedes, orelhas de Lenilson Oliveira, arte de capa de Leonardo Guedes, fotografias de Antônio David Diniz, Projeto gráfico de Aristóteles Alves e impressão e acabamento Gráfica Ideal.

Emília Leal Batista Guerra, filha de Antônio Batista da Costa e Maria Teresinha Leal da Costa, é natural de Esperança, estado da Paraíba (Brasil), e nasceu em 6 de janeiro de 1958. Reside em João Pessoa, capital do mesmo Estado e usa a poesia como ferramenta de sua prática em palestras e apresentações. Publicou os livros: ‘Face Refletida’, ‘Erres da Terra’ e ‘Tempo’. Em revisão “Poética Animal’ e ‘Dentro do tempo do meu viver’, além de vários inéditos. Participou de diversas coletâneas, sendo a mais recente lançada no Congresso de Poesia, em Bento Gonçalves (Rio Grande do Sul). É membro da Academia Virtual de Letras do grupo Intenção & Gestos, ocupando a cadeira número 8, tendo como patrono o escritor Ariano Suassuna. Acaba de aceitar o convite para integrar a União Brasileira de Escritores.

Sobre a Arribaçã Editora

         Criada pelos jornalistas e poetas Lenilson Oliveira e Linaldo Guedes, a Arribaçã Editora tem suas raízes fincadas no Alto Sertão da Paraíba, mais especificamente em Cajazeiras. A editora trabalha com obras literárias, acadêmicas, biografias, entre outras. Criada no segundo semestre de 2018, já tem diversos livros publicados. Contatos podem ser feitos na página da editora no Facebook, Twitter e Instagram ou pelo email:arribacaeditora@gmail.com A editora também tem canal no youtube.