Heron Cid critica antecipação de eleição e defende “projeto de cidade” para Marizópolis

Publicado em 27 jun 2019 - silvano

“Disputa eleitoral não está nos meus planos. Mas Para minha surpresa, tenho recebido esse chamado e estímulo até de pessoas que jamais imaginei.

Acho, porém, que nesse momento falar de candidatura é uma afronta à cidade que passa dificuldades e que está muito mais interessada em ações do poder público, projetos e em debater idéias. É uma discussão prematura. Quem a essa altura já fala em candidatura desrespeita a cidade e a inteligência das pessoas. O momento é de trabalho e de atitude coletiva. Não de vaidades e projetos pessoais. Marizópolis tem muitos potenciais adormecidos que precisam

Ser despertados. Eu estou empenhado em sensibilizar autoridades, por exemplo, a habilitar Marizópolis a ser um centro universitário e um ponto de intersecção entre Sousa e Cajazeiras. Pela localização, Nós podemos congregar os interesses desses dois pólos e se desenvolver. O açude São Gonçalo é outro privilégio que tem tudo para gerar riqueza e receitas, além da própria BR-230. Mais do que candidatura, Marizópolis precisa é de um “projeto de cidade”, de oportunidades e desenvolvimento humano. É esse debate que me interessa não politicagem e interesses pessoais. É preciso acabar com a visão de que a Prefeitura de Marizópolis é um negócio de grupos.