Senador paraibano prega cautela, mas cita Daniella e Aguinaldo como opções para chapa majoritária em 2022

Ex-secretário da Prefeitura de João Pessoa, o senador Diego Tavares do Progressistas, suplente da senadora Daniella Ribeiro (Progressistas), que está de licença do mandato, falou nesta quinta-feira (26) sobre a possibilidade do seu partido compor chapa majoritária em 2022. Recentemente ele citou Daniella como opção para o Governo do Estado e Aguinaldo Ribeiro para o Senado Federal.

“Defendo que o Progressistas participe da majoritária, nós temos quadros para apresentar tanto para o Governo, como também para o Senado. Mas essa composição a gente não pode antecipar, até pelo histórico político da Paraíba. Toda vez que se antecipa essa questão, não dá certo. Daniella, por exemplo, foi lançada dois meses antes da convenção com 6% nas pesquisas e hoje tem uma forte representação”, afirmou.

O senador também não antecipou o posicionamento do Progressistas para o pleito de 2022, visto que este ano o partido firmou aliança com o Cidadania do governador e pré-candidato a reeleição João Azevêdo, que indicou Léo Bezerra (Cidadania) vice de Cícero Lucena (Progressistas) na Capital, e em Campina Grande se manteve ao lado da base governista apresentando Lucas Ribeiro (Progressistas) como vice-prefeito de Bruno Cunha Lima (PSD), eleito em primeiro turno e que deverá apoiar o prefeito Romero Rodrigues (PSD) para governador.

Redação Paraíba Debate