Sousense Livânia Farias teria feito delação premiada já aceita pela Justiça Paraibana no âmbito na Operação Calvário

Publicado em 27 ago 2019 - silvano

Parte da Imprensa Paraibana noticiou nesta terça-feira (27), que um Desembargador do Tribunal de Justiça, acatou pedido de homologação de “delação premiada” da sousense, e ex-secretária do Governo do Estado, Livânia Farias.

Livânia foi presa a 16 de março deste ano, em João Pessoa, quando retornava de uma viagem a Brasília e Belo Horizonte. No dia seguinte à prisão, ela foi exonerada pelo governador João Azevedo (a publicação no Diário Oficial saiu três dias depois). Em 18 de março, ela passou por audiência de custódia e teve, não apenas a primeira prisão mantida, como ainda houve a decretação de outra prisão.

Com essa informação de “delação premiada” por parte da sousense, e ex-secretária do Governo do Estado, o foco volta para figurões da Politica Paraíba, em tese envolvidos na Operação “Calvário” do Ministério Público da Paraíba que apura desvios der verbas da saúde do estado.

Há comentário ainda que existem até Deputados Estaduais envolvidos no esquema de corrupção.