Vereadores denunciam presidente da Câmara de Uiraúna Amilton Fernandes no TCE

Publicado em 4 set 2019 - silvano

Vereadores da bancada da situação da Câmara Municipal de Uiraúna entraram com denúncia no Tribunal de Contas do estado da PB – TCE, contra o atual presidente da Casa Olinto Pinheiro, vereador Amilton Fernandes.

Os parlamentares que assinaram a denúncia foram: Chico Bacatela, Mazinho da Vazante, José Fernandes e Marcondes de Bizerril.

Veja abaixo os detalhes da denúncia repassados pela assessoria dos parlamentares denunciantes. Junto com a denúncia foi enviado ao tribunal um vídeo onde o vereador Amilton detalha gastos com uma confraternização de final de ano, realizada após sua vitória para presidente da Câmara.

CONFIRA TEXTO ABAIXO ENVIADO PELA ASSESSORIA:

Nessa quarta-feira (3), o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba conforme processo número 16555/19 determinou a apuração dos fatos da suposta “farra” promovida pelo presidente da Câmara de Vereadores de Uiraúna, Amilton Fernandes, por improbidade administrativa e crime de responsabilidade devido a gastos envolvendo a festa de comemoração da bancada de oposição pela eleição da Casa.

A denúncia que agora está sendo investigada pelo TCE dá conta da contratação e aquisição de serviços superfaturados e com desvio da finalidade pública para justificar os gastos da Câmara com a “confraternização” promovida pelo presidente da Casa, Amilton Fernandes, para festejar sua vitória. O próprio vereador afirma em vídeos compartilhados em grupos de aplicativos de conversas que as despesas somaram a quantia de R$ 12 mil, sendo R$ 3 mil só em fogos de artifício.

A denúncia traz ainda informações detalhadas quanto a essas despesas, comprovando ter havido a aquisição de 120kg de carnes para o evento e outros itens chegando a custar 7 vezes mais do que o valor comum do mercado. A exemplo de água mineral de 500ml custando R$ 8,00 a unidade e água de coco (litro) ao preço de R$ 10,00. Também há notas de pagamento de R$ 1.500,00 em lanches para o mesmo evento, podendo se tratar de nota fria, haja vista nenhum item ter sido descrito para detalhamento da compra.

A suposta “farra” com dinheiro público promovida pelo vereador Amilton foi amplamente repercutida e noticiada em toda região e chegou a ser um dos assuntos mais comentados nas rodas políticas, gerando revolta e indignação da população.

Amilton assumiu a presidência do poder legislativo municipal de Uiraúna em janeiro de 2019 e recentemente também se envolveu em outras polêmicas envolvendo débitos da Câmara Municipal que chegaram a negativar o nome do município de Uiraúna no CAUC.

O PoBlog do SWilvano Dias deixa aberto espaço para os denunciados apresentar suas versões e defesas.

Assessoria